Você conhece todos os tipos de creme dental?

Escovar os dentes é muito mais do que apenas limpá-los. Devido à presença do flúor nos cremes dentais, a escovação é essencial para a prevenção de cáries. Além disso, escovar os dentes pode prevenir ou remediar problemas específicos, como a formação de placa bacteriana e a desmineralização dental, dependendo dos outros ingredientes utilizados na fórmula das pastas de dente.

A seguir, vamos apresentar quatro tipos de creme dental e seus objetivos específicos, para que você não tenha receio de sair do habitual e possa escolher um produto que atenda melhor aos seus objetivos. Confira!

Controle de placa bacteriana

Entre os problemas bucais mais comuns estão a formação de tártaro e o acúmulo de placa bacteriana nos dentes, já que eles resultam da presença de restos de comida na boca, principalmente na região de encontro entre a parte visível dos dentes e a gengiva. Apesar de comuns, eles podem acarretar doenças periodontais graves, as quais levam à perda de dentes. Por isso, é importante combatê-los. 

Em geral, a recomendação dos dentistas é que as pessoas façam uso do fio dental e escovem os dentes corretamente para evitar tanto o tártaro quanto a placa. Logo, há cremes dentais que contribuem para esse objetivo, devido a ingredientes específicos em sua composição. Ao combater a placa e o tártaro, eles combatem também a gengivite, a cárie e o mau hálito.

Reparação dos dentes

Basta que nos alimentemos para que o pH da boca sofra alterações e o ambiente se torne mais ácido do que o ideal para os dentes. Quando os alimentos são ácidos ou a pessoa tem problemas de estômago, a alteração no pH é maior e mais frequente.

Isso propicia a desmineralização dental, ou seja, a perda de cálcio e fosfato do esmalte e da dentina dos dentes, o que pode levar ao surgimento de cáries. 

Alguns cremes dentais são compostos por ingredientes que ajudam a evitar a desmineralização e a promover a remineralização dos dentes. Eles são cremes dentais do tipo “reparadores”.

Branqueamento

Pastas de dente com ação “whitening” podem contribuir para deixar os dentes mais brancos. Em geral, elas possuem fórmulas mais abrasivas que ajudam a remover a placa bacteriana e a tirar manchas superficiais dos dentes, contribuindo para deixar os dentes ligeiramente mais brancos. 

Ao optar por um desses cremes dentais, é preciso lembrar que eles não vão clarear os dentes como um clareamento dental feito em um consultório odontológico. O branqueamento é sutil e funciona apenas com manchas mais superficiais. 

Outro ponto importante é que o uso excessivo desse tipo de pasta pode provocar desgaste dental e hipersensibilidade nos dentes, já que suas fórmulas são mais abrasivas. Por isso, o ideal é fazer o uso controlado deste tipo de produto, seguindo sempre a orientação do seu dentista.

Combate à sensibilidade

A sensibilidade dos dentes ao frio, calor, doce ou alimentos ácidos normalmente é causada quando o esmalte que protege os dentes se torna mais fino, expondo a dentina.

Para diminuir essa sensação, alguns cremes dentais contêm Fluoreto de Estanho ou Nitrato de Potássio em sua composição, ingredientes que bloqueiam os canais ligados aos nervos dos dentes, impedindo que o alimento provoque dor. Eles ainda contribuem para a remineralização do esmalte dental, o que ajuda a tornar o dente menos sensível.

Se você ainda ficou com alguma dúvida sobre os tipos de creme dental disponíveis no mercado, deixe um comentário no post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *