Crianças no dentista: o que fazer na primeira consulta?

Cedo ou tarde, todo pai zeloso se pergunta: “quando devo começar a levar meu filho ao dentista? Será que os seus dentes estão crescendo da forma correta e saudável?”. As dúvidas são muito comuns e fazem todo sentido, já que falta muita informação sobre as crianças no dentista.

Para saber qual é o momento ideal e que cuidados você deve adotar para promover uma boa saúde bucal, não deixe de ler este post:

Quando começar a levar as crianças no dentista?

Por incrível que pareça, o ideal é que os pais comecem a levar os filhos ao dentista quando ainda são bem pequenos. Para você ter uma noção, o acompanhamento deve começar antes dos primeiros dentinhos começarem a nascer.

Ainda assim, nunca é tarde para começar. Se os dentes do seu filho já começaram a crescer, você pode agendar uma consulta e dar início ao tratamento o mais cedo possível.

Por que essa medida é importante?

Algumas pessoas pensam que essa visita ao dentista é uma bobeira, mas não é. E a gente explica o porquê: um profissional especializado pode ensinar como higienizar corretamente a boca do seu pequeno, assim como acompanhar a formação da arcada e outros detalhes relevantes.

Quando os pais percebem problemas durante a amamentação (um freio, por exemplo), podem conversar com o dentista e resolver o problema com mais facilidade.

Além disso, o acompanhamento deve continuar acontecendo a cada 6 meses, pois assim fica mais fácil entender o processo de mastigação, caso haja alguma irregularidade, e fazer a aplicação do flúor. Embora muitas pessoas não saibam, ela pode começar desde cedo, protegendo os dentes no período de formação.

A prática ajuda na redução das chances de cáries. Por incrível que pareça, os pequenos podem sofrer com isso, mesmo com os dentes bem pequenos. Como o açúcar fica acumulado, os tártaros e as placas começam a se desenvolver.

Como os pais devem se portar?

Começar a levar os filhos cedo ao dentista pode fazer com que eles se acostumem com a rotina. Assim, eles não criam nenhum tipo de trauma nem de resistência — coisa que é muito comum entre crianças. Como a visita é frequente, a chance de ter algum tipo de problema grave ou desgaste dental reduz consideravelmente.

Os pais também devem se portar de forma segura, demonstrando que esse é um hábito comum. Muitos acabam amedrontando e criando marcas de insegurança que durarão para sempre.

Como o dentista deve se portar?

Os dentistas também têm um papel muito importante. Eles devem criar um ambiente propício para as crianças, fazendo com que elas se sintam à vontade. Para isso, devem investir em brincadeiras, desenhos e apetrechos especiais. É isso mesmo: o material deve atrair a criança e fazer com que ela se sinta mais segura e em um ambiente confortável.

Qual é a relevância da higiene bucal?

Como você deve saber, a higiene bucal é importantíssima. Ela deve começar com a higienização das gengivas com uma gaze ou com um pano molhado antes de os dentes nascerem.

Essa é uma medida que ajuda muito, deixando a boca, língua e bochechas limpas. Quando os dentes começarem a apontar, explore as dedeiras de silicone e, em seguida, as escovas.

Agora que você já sabe tudo sobre as crianças no dentista, não deixe de levar seus filhos para uma visita. Essa é a melhor maneira de tornar a higienização um hábito. 

Para continuar se informando, não deixe de ler nosso artigo sobre as maneiras de incentivar a higiene bucal das crianças!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *