Cárie dentária: como evitá-las na infância?

A cárie dentária é a verdadeira vilã dos nossos dentes, principalmente quando surge ainda na infância trazendo junto a perda de dentes, problemas de fala, dentição permanente torta e, é claro, dor. Para evitar isso tudo, é preciso prestar bastante atenção à higiene bucal.

Mas como realizar a higiene bucal das crianças ainda nos primeiros meses de vida, para evitar que tenham cárie na infância? Confira nossas dicas para prevenir a cárie dentária nas crianças!

Não deixe o bebê adormecer enquanto se alimenta

Logo nos primeiros meses de vida já devem começar os cuidados com a saúde bucal dos pequenos. Um cuidado importante para evitar a cárie de mamadeira é não deixar o bebê adormecer enquanto se alimenta.

Isso porque, quando o bebê está dormindo, o açúcar presente nos líquidos pode danificar os dentinhos causando cárie dentária e até erosão ácida. Mesmo o leite materno e as fórmulas contém açúcar. Por isso, acostume o bebê a dormir sem precisar mamar, se o bebê precisa de uma mamadeira para adormecer, prefira uma apenas com água.

Acostume a criança com a higiene bucal desde cedo

Os primeiros dentinhos dos bebês aparecem entre o sexto e o décimo segundo mês, mas isso não significa que os cuidados e a higiene bucal não devam começar antes. Nessa hora os papais também devem começar a planejar a primeira visita do bebê ao dentista!

Enquanto o bebê ainda não possui os dentinhos, utilize um pano macio ou um pedaço de gaze enrolada no dedo indicador e umedecida para limpar a gengiva da criança. Quando os dentinhos começarem a aparecer, use uma escova para bebês e água para realizar os cuidados e acostumar a criança com a limpeza dos dentinhos.

Com crianças mais velhas, que já conseguem escovar os dentes sozinhas, lembre-se de que a escova deve ser de cerdas macias e do tamanho correto para não danificar os dentinhos e nem machucar a gengiva. Também é importante que seja utilizado o creme dental indicado para crianças, que contém a quantidade de flúor correta para os dentes de leite.

Evite as atitudes que transmitem bactérias para a boca do bebê

Atitudes comuns e inocentes como assoprar a papinha para esfriar, limpar o bico da chupeta ou da mamadeira com a própria boca e beijar o bebê na boca permitem que as bactérias da boca dos pais sejam transmitidas para a boca do bebê, propiciando o surgimento não só de cáries, mas também de outras doenças.

É importante compreender que o bebê ainda tem um sistema imunológico bem frágil e que as bactérias presentes na boca de um adulto, que não fazem mal algum, podem ser perigosas ao bebê. Por isso, além de fazer uma boa higiene bucal do bebê, também tenha bastante cuidado com tudo que é levado a boca do bebê.

Faça uma higienização na boca do bebê sempre antes de dormir

A salivação, tanto em adultos como em crianças, diminui bastante durante o sono potencializando a ação das bactérias presentes na boca. Por isso, ainda antes do nascimento dos dentinhos, não coloque o bebê para dormir depois de mamar sem antes realizar uma limpeza na boca.

A falta dessa higienização permite que a cárie dentária surja e evolua rapidamente caso torne-se rotina o bebê dormir depois de mamar sem a devida limpeza da boca dos dentes e gengivas.

Preste atenção à alimentação da criança para prevenir a cárie dentária

Todos os dentistas alertam os pais que deixar as crianças consumirem alimentos ricos em açúcar frequentemente pode causar a cárie. Mas não é só o açúcar que é o vilão não, os carboidratos em excesso também podem prejudicar os dentinhos.

Além disso, também faça com que a criança tenha horários definidos para se alimentar para poder ter um controle melhor sobre a higiene bucal da criança, lembrando que é importante frisar a importância de uma boa escovação e que a limpeza seja realizada pelo menos três vezes ao dia com a escova de dente, creme dental e fio dental adequados.

Manter o sorriso do seu filho bonito e longe da cárie dentária só depende de você, por isso lembre-se também de levar seu filho regularmente ao dentista. Gostou das nossas dicas? Deixe o seu comentário!

4 thoughts on “Cárie dentária: como evitá-las na infância?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *